Área Restrita

Área Restrita para acesso dos nossos clientes.


Acesso ao Webmail

área restrita   |   webmail

Pandemia x PMEs: especialistas dão dicas para empreendedores

Cotações e Índices

Moedas - 22/05/2020 17:00:36
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 5,553
  • 5,554
  • Paralelo
  • 5,100
  • 5,602
  • Turismo
  • 5,360
  • 5,810
  • Euro
  • 6,059
  • 6,060
  • Iene
  • 0,052
  • 0,052
  • Franco
  • 5,715
  • 5,716
  • Libra
  • 6,770
  • 6,773
  • Ouro
  • 310,490
  •  
Mensal - 04/03/2020
  • Índices
  • Jan/20
  • Dez/19
  • Inpc/Ibge
  • 0,19
  • 1,22
  • Ipc/Fipe
  • 0,29
  • 0,94
  • Ipc/Fgv
  • 0,59
  • 0,77
  • Igp-m/Fgv
  • 0,48
  • 2,09
  • Igp-di/Fgv
  • 0,09
  • 1,74
  • Selic
  • 0,38
  • 0,37
  • Poupança
  • 0,05
  • 0,05
  • TJLP
  • 5,09
  • 5,57
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 25/Maio/2020 – 2ª Feira.
  • ICMS.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

“Qual será o destino da minha empresa?”, “Como conseguir crédito para continuar pagando despesas?” e “O que faço até a normalidade voltar?” são algumas das perguntas que muitos donos de pequenas e médias empresas têm feito desde a chegada do novo coronavírus ao Brasil. O recomendado isolamento impôs uma série de mudanças no comportamento das pessoas, o comércio não essencial precisou baixar as portas e uma crise econômica sem precedentes chegou trazendo medo e muitas dúvidas.

Rodrigo Fiszman e Patricia Stille, que são sócios do Grupo Solum, empresa focada em aproximar PMEs do mercado de capitais brasileiro, destacam que a regra de ouro para todo e qualquer negócio no momento é ter caixa. A dupla preparou sete dicas para ajudar empresários dos mais variados segmentos neste momento turbulento. Confira:

1) Postergar tributos

O governo flexibilizou regras para que as empresas possam adiar pagamentos. Busque orientação jurídica para tentar postergar determinados tributos. Dependendo do regime tributário, algumas alternativas são possíveis.

2) Renegocie com fornecedores

Liste os principais gastos do maior para o menor e tente alongar prazos de pagamentos com fornecedores para tentar equilibrar as contas. Mas sempre buscando acordos justos para não colocar em risco o negócio dos seus parceiros.

3) Negocie redução de salários

Busque acordos de redução dos salários da equipe e/ou redução de jornada de trabalho para tentar evitar desligamentos, ainda que em alguns casos seja inevitável. “Uma das medidas anunciadas pelo governo flexibilizou o arcabouço das leis trabalhistas para que empresários tenham espaço para diminuir remunerações. Mas é muito importante contar com orientação jurídica para apoiar qualquer tipo de movimento nesse sentido”, lembra Rodrigo Fiszman.

4) Tente acessar os programas de financiamento do governo

De linhas de crédito especiais até custeio dos salários de funcionários de empresas que se comprometam a não demitir, o governo vem trabalhando para apoiar as empresas e facilitar a obtenção de crédito. “Acompanhe as notícias de medidas provisórias e programas do governo, sempre avaliando se sua empresa pode se encaixar em alguma modalidade favorecida”, acrescenta Patricia Stille.

5) Busque financiamento

Além de procurar seu banco de relacionamento para se informar sobre as taxas nas linhas de crédito disponíveis, lembrando que os grandes bancos são os operadores dos programas do  BNDES para capital de giro e crédito para PMEs, tente acessar também as Agências de Fomento. Quase todo Estado da federação possui agêncisa locais e muitas delas estão oferecendo linhas de financiamento específicas por causa da pandemia do novo coronavírus, como é o caso da Desenvolve SP.

6) Crie oportunidades

Em paralelo aos cortes de custos e busca de financiamento, é importante tentar enxergar oportunidades, não só de manutenção mas também de geração de novas receitas, algo que varia muitos de negócio para negócio. Empresas com produtos e/ou serviços que possam ser transacionados online não devem pensar duas vezes para potencializar a atuação nesse canal. “Além de reforçar o e-commerce, que ganhou ainda mais força  nesse momento, intensifique também a presença da sua empresa nas redes sociais, seja divulgando seus produtos ou apenas para estreitar o relacionamento com o público. É muito importante que a empresa seja lembrada”, comentam os sócios do Grupo Solum. 

7) Aproveite esse momento para “arrumar a casa”

O país praticamente parou e os planos de muitos empresários para o ano ficou comprometido. Reavalie o planejamento da sua empresa, tenha um olhar crítico sobre a estrutura e processos e analise as oportunidades de ganho de produtividade. Organize também as contas do negócio, sabendo que manter os gerenciais financeiros organizados pode facilitar muito a obtenção de financiamento. Por fim, lembre que grandes desafios forçam pessoas e organizações a mudarem uma série de aspectos, e terão sucesso as empresas que tiverem capacidade de se reinventar para atravessar esses duros meses.

Fonte: www.jornalcontabil.com.br | 20/05/2020.

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Escritório Contábil Atual  |  Rua Doutor Campos, 241, Centro - Cerquilho SP  |  Fone 15. 3284 1766  |  Fax 3284 3323