Área Restrita

Área Restrita para acesso dos nossos clientes.


Acesso ao Webmail

área restrita   |   webmail

Imposto de Renda: Mudanças na declaração para 2020

Cotações e Índices

Moedas - 28/02/2020 16:04:49
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,498
  • 4,499
  • Paralelo
  • 4,420
  • 4,700
  • Turismo
  • 4,320
  • 4,680
  • Euro
  • 4,948
  • 4,951
  • Iene
  • 0,042
  • 0,042
  • Franco
  • 4,644
  • 4,647
  • Libra
  • 5,734
  • 5,779
  • Ouro
  • 237,690
  •  
Mensal - 03/12/2019
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • -0,05
  • 0,04
  • Ipc/Fipe
  • -
  • 0,16
  • Ipc/Fgv
  • -
  • -0,09
  • Igp-m/Fgv
  • -0,01
  • 0,68
  • Igp-di/Fgv
  • 0,50
  • 0,55
  • Selic
  • 0,46
  • 0,48
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 28/Fevereiro/2020
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras.
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças.
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração mensal.
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração trimestral.
  • IRPJ | Imposto de Renda Pessoa Jurídica | Renda variável.
  • IRPJ/Simples Nacional | Ganho de Capital na alienação de Ativos.
  • IRPF | Imposto de Renda Pessoa Física.
  • REFIS/PAES | Programa de Recuperação Fiscal.
  • REFIS | Programa de Recuperação Fiscal.
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro | Profut | Parcelamento de débitos junto à RFB e à PGFN.
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Recuperação Previdenciária dos Empregadores Domésticos - Redom (Parcelamento de débitos em nome do empregado e do empregador domésticos junto à PGFN e à RFB).
  • DOI | Declaração de Operações Imobiliárias.
  • DME | Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie.
  • Contribuição Sindical - Autonomos e Profissionais Liberais.
  • Operações com criptoativos
  • Informe de Rendimentos Financeiros - PJ.
  • Comprovante de Rendimentos - Pessoas Físicas.
  • Comprovante Anual de Retenção do IRPJ/CSL/Cofins/PIS-Pasep.
  • Comprovante Anual de Retenção da CSL/ Cofins/PIS-Pasep.
  • IPI (DIF-Papel Imune).
  • Decred.
  • Dirf.
  • Dimob
  • e-Financeira.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

O Imposto de Renda para 2020 tem sido o assunto do momento e muitas pessoas não sabem o que mudou. Por outro lado, as notícias são boas e as mudanças foram pequenas, auxiliando a vida de todos.

A princípio, o Imposto de Renda é apenas uma forma que o governo encontrou para que existisse algumas inconsistências. Tudo é inerente ao desconto mensal do IR, porém, caso seja pago imposto a mais, o mesmo pode ser ressarcido.

Vale lembrar que o contribuinte pagou menos, é primordial pagar os impostos e ficar em dia com a Receita. Assim, confira a seguir algumas mudanças que o Imposto de Renda para 2020 e esteja em dia com o “Leão”.

Afinal, o que mudou no Imposto de Renda 2020?
Antes de mais nada, para entender as mudanças no Imposto de Renda para 2020 é simples e basta atentar-se a 4 fatores. Dessa forma, chega-se a hora de obter todas as informações e a seguir veja como preparar-se:

Inclusão do CPF dos dependentes
A inscrição de CPF é obrigatória para os principais dependentes presentes no Imposto de Renda para 2020. Por outro lado, até 2019, era apenas para crianças e engloba o começo a partir dos 12 anos de idade.

Qualquer pessoa deve estar com o seu CPF inscrito no IR e isso é de acordo com a instrução normativa. A de n°1828, inerente ao Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e lembre-se: engloba os bebês recém-nascidos.

Alíquota efetiva
Essa mudança não mexe com o contribuinte, porém, precisa ser informado e deve ser feito a partir de agora. Essa alíquota efetiva deve aparecer ao lado dos principais valores de IR a serem pagos ou mesmo ligado a Restituição.

Esse fato se deu apenas dentro do processo, mas, conforme mostrado acima, você não perceberá nada. Sendo assim, é importante apenas saber desse fato e o entendimento fica muito mais simplificado.

Imposto de Renda para 2020: ajuste dedução de gastos com empregado doméstico
A dedução de gastos ligados aos empregados domésticos teve um reajuste e é válido saber sobre isso. Bem como, existem muitas variações do salário mínimo, já que o valor pega os números da dedução, caindo para R$ 1.200,32

Informações sobre bens
Todas as mudanças, citadas acima, foram realizadas e essa diz respeito as alterações ligadas a veículos e imóveis. Por consequência disso, é preciso preencher a Declaração e o contribuinte precisa comprovar esses fatos.

Os documentos devem ser comprobatórios da compra, venda e é inerente aos bens/direitos, sempre com atenção. A fim de permitir um entendimento eficaz, chega-se a hora de ver um exemplo e abaixo confira:

  • Se o contribuinte adquiriu um veículo;
  • Logo depois, é preciso fornecer o número de RENAVAM (Registro Nacional de Veículo).

De antemão, é essencial saber que a Receita também exige que o contribuinte informe o CNPJ da instituição financeira que efetuou a transação. Assim também, podem ser realizadas aplicações financeiras e o processo é o mesmo.

Por fim, é preciso saber que as mudanças no Imposto de Renda para 2020 foram pequenas. Nesse ínterim, é fundamental preparar-se e efetuar a declaração da maneira adequada, evitando de ser pego pela malha fina.

Fonte: www.jornalcontabil.com.br | 30/01/2020.

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Escritório Contábil Atual  |  Rua Doutor Campos, 241, Centro - Cerquilho SP  |  Fone 15. 3284 1766  |  Fax 3284 3323