Área Restrita

Área Restrita para acesso dos nossos clientes.


Acesso ao Webmail

área restrita   |   webmail

Veja 7 maneiras de como aumentar o tempo de contribuição no INSS

Cotações e Índices

Moedas - 28/02/2020 16:04:49
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,498
  • 4,499
  • Paralelo
  • 4,420
  • 4,700
  • Turismo
  • 4,320
  • 4,680
  • Euro
  • 4,948
  • 4,951
  • Iene
  • 0,042
  • 0,042
  • Franco
  • 4,644
  • 4,647
  • Libra
  • 5,734
  • 5,779
  • Ouro
  • 237,690
  •  
Mensal - 03/12/2019
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • -0,05
  • 0,04
  • Ipc/Fipe
  • -
  • 0,16
  • Ipc/Fgv
  • -
  • -0,09
  • Igp-m/Fgv
  • -0,01
  • 0,68
  • Igp-di/Fgv
  • 0,50
  • 0,55
  • Selic
  • 0,46
  • 0,48
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -

Obrigações Tributárias do Dia

  • 28/Fevereiro/2020
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras.
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças.
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração mensal.
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração trimestral.
  • IRPJ | Imposto de Renda Pessoa Jurídica | Renda variável.
  • IRPJ/Simples Nacional | Ganho de Capital na alienação de Ativos.
  • IRPF | Imposto de Renda Pessoa Física.
  • REFIS/PAES | Programa de Recuperação Fiscal.
  • REFIS | Programa de Recuperação Fiscal.
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro | Profut | Parcelamento de débitos junto à RFB e à PGFN.
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Recuperação Previdenciária dos Empregadores Domésticos - Redom (Parcelamento de débitos em nome do empregado e do empregador domésticos junto à PGFN e à RFB).
  • DOI | Declaração de Operações Imobiliárias.
  • DME | Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie.
  • Contribuição Sindical - Autonomos e Profissionais Liberais.
  • Operações com criptoativos
  • Informe de Rendimentos Financeiros - PJ.
  • Comprovante de Rendimentos - Pessoas Físicas.
  • Comprovante Anual de Retenção do IRPJ/CSL/Cofins/PIS-Pasep.
  • Comprovante Anual de Retenção da CSL/ Cofins/PIS-Pasep.
  • IPI (DIF-Papel Imune).
  • Decred.
  • Dirf.
  • Dimob
  • e-Financeira.
O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular

Em tempos de reforma da previdência vários trabalhadores estão desesperados, querendo pedir a aposentadoria de toda forma. Com isso, pode ocorrer de o benefício sair com valor menor do que o devido ou então ser negado por falta de contribuição.

Porém, o que muitos não sabem é que é possível aumentar o seu tempo de contribuição. Nesse artigo vou te dar algumas dicas simples de como você consegue fazer isso.

1) Tempo especial

Se você trabalhou em condições insalubres saiba que esse tempo pode ser aumentado. A lei previdenciária garante ao trabalhador que exerce atividade laborativa em ambientes insalubres o direito de se aposentar mais cedo. Porém, nem sempre o segurado fica 25 anos trabalhando nesse mesmo local. Nesse caso o tempo em que ele ficou nessa atividade insalubridade será multiplicada por 1,40 se homem ou 1,20, se mulher o que aumentará o tempo de contribuição. Por exemplo, se um homem trabalhou por 10 anos em atividade insalubre o seu tempo de contribuição total será de 14 anos. Porém essa conversão de tempo especial em comum só é válido para as aposentadorias por tempo de contribuição.

2) Recolher contribuições em atraso.

Não é todo mundo que pode pagar. Os contribuintes facultativos como as donas de casa, estagiários, não podem recolher contribuições em atraso.

Agora, se você exerceu alguma atividade, no passado, e não recolheu as contribuições em atraso, saiba que é possível fazê-lo. Entretanto, para isso, o segurado deverá observar algumas questões. Primeira é comprovar que trabalhou, junte notas fiscais, recibos, contrato social, ou outros documentos que comprovem o trabalho alegado. Outra questão a ser observada é o tempo decorrido dessa contribuição, se já se forem inferiores a 05 anos o valor poderá ser calculado pelo próprio servidor do INSS ou no site da previdência. Se for superior a 05 anos o valor pode ser salgado e, talvez, não compensa realizar o pagamento.

Outra possibilidade de pagar a contribuição em atraso é para aquelas pessoas que já contribuíram como contribuinte individual (autônomo), porém ficaram alguns meses sem pagar.

3) Trabalho rural exercido a partir dos 12 anos

Se você exerceu alguma atividade rural quando menor esse período também poderá ser acrescentado no seu tempo de contribuição. É necessário ter algum documento que prove esse trabalho rural.

4) Empresa que não pagou as contribuições do empregado

Você foi requere um benefício ou então, foi consultar o seu CNIS no portal MEU INSS e descobriu que a empresa em que você trabalhou não pagou as contribuições do INSS. Nesse caso, você não precisa se preocupar, pois a responsabilidade não é sua. O INSS deverá considerar este tempo e depois resolver com a empresa.

5) Tempo de militar

Essa dica é para os homens que serviram às Forças Armadas, mesmo que tenha sido por alguns meses. Saiba que esse tempo também irá aumentar seu tempo de contribuição. Para isso basta apresentar o certificado de reservista e uma certidão do serviço militar com o tempo de serviço prestado.

6) Tempo como aluno aprendiz

Se você estudou em escola técnica e foi aluno aprendiz é possível que esse tempo seja usado para aumentar seu tempo de contribuição no INSS. Para isso é necessário pedir uma certidão na escola técnica onde você exerceu a atividade.

7) Ação trabalhista não incluída no INSS;

Acontece muito de o trabalhador ajuizar uma ação trabalhista com a finalidade de reconhecer vínculo de emprego e, mesmo ganhando a ação, esse período acaba não sendo reconhecido pelo INSS. Quando isso acontece é necessário fazer um requerimento no INSS, juntando a cópia da reclamatória trabalhista, e solicitar a inclusão desse tempo no CNIS.

Fonte:www.jornalcontabil.com.br | 17/10/2019

Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Escritório Contábil Atual  |  Rua Doutor Campos, 241, Centro - Cerquilho SP  |  Fone 15. 3284 1766  |  Fax 3284 3323